Categorias
OlhandoaCidade

Biblioteca Nacional

Hoje tive a incrível oportunidade de olhar por dentro a Biblioteca Nacional, ali na Avenida Rio Branco. WOW! Que coisa linda. É muito impressionante, e também muito bem cuidada. São milhares de detalhes para serem fotografados e curtidos.

Achei o centro do Rio, aquele pedaço ali, tão morto e abandonado para uma sexta feira… que pena. Uma região repleta de escritórios, perto do mar, da arte, da cultura. Bem servida de transportes, pois é perto do aeroporto, tem VLT e Metrô na porta, um monte de ônibus… é linda e arejada (para isso acabaram com o Morro do Castelo). É INCRÍVEL como é sub-utilizada, como o Rio é decadente. Uma pena.

Mas voltando a Biblioteca… fui lá com meus amigos conversar sobre projetos profissionais com o Presidente da Fundação Biblioteca Nacional, o gente boa Rafael Nogueira, que entre outras formações é também Professor de História como eu.

Este prédio lindo, inaugurado em 29 de outubro de 1910 é um projeto no estilo eclético do engenheiro Souza Aguiar, que hoje é conhecido como hospital, mas foi Marechal e prefeito do Distrito Federal. Francisco Marcelino de Souza Aguiar.

A BN, a maior da América Latina e uma das 10 maiores do mundo, tem uma rica e saborosa história, que pode ser conferida aqui e aqui.

Entrei pelos fundos, na Rua México, pois a Biblioteca está fechada para o público por conta da pandemia. O controle de segurança é severo, pois o local é repleto de raridades valiosas e muito fáceis de serem subtraídas de seu enorme acervo, com quase 10 milhões de peças… e crescendo, pois o Decreto nº 1.825, de 20 de dezembro de 1907, chamado comumente Decreto de Depósito Legal, ainda está em vigor!

Subi até o quarto andar, onde está o gabinete do Presidente, e de lá fiz estas fotos. Visitei também uma das torres onde o acervo fica guardado, mas lá dentro as fotos são proibidas. São 6 andares repletos de estantes de metal, climatizados, com uma linda clarabóia em cima, repleto de luz. Até o piso é de vidro, para clarear o ambiente, porque é bom para o acervo. Vou te contar, é uma coisa linda.

Dando tudo certo em nossos planos, terei que voltar muitas vezes neste local, e farei novas fotos. Pois é… 58 anos de Rio de Janeiro, e nunca tinha olhado de perto esta maravilha. E você, quando tiver tempo, entre para olhar!

Por Mário Barreto

Historiador, Diretor de Filmes, 3D/VFX. Guru em Computação, viciado em Motociclismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.