Categorias
OlhandoaCidade

Caboclo Roxo

Desculpem-me minha meia dúzia de leitores, tenho olhado pouco. Com este negócio de D. Araci acamada eu tenho circulado pouco pela cidade, este é o motivo. Mas hoje tive folga e andando pela Cidade Nova a Tenda do Caboclo Roxo me chamou atenção.

Ali na Cidade Nova, em frente ao modernoso prédio de Central de Controle da cidade. É uma região muito interessante, pois novos prédios estão sendo plantados bem no meio da uma parte da cidade bem antiga e que estava bem abandonada. Além deste prédio, tem ali também o prédio da BR Distribuidora, o da Rio Farmes e outros. Aos poucos eles vão trazendo uma vitalidade para a área. Vão aparecendo restaurantes e outros negócios para atender este monte de gente com dinheiro que vai trabalhar nestes prédios. Meus amigos raramente passam por ali.

Eu não entendo nada de Umbanda, de caboclos e demais entidades. Pesquisei e não me ajudou muito:

“O Caboclo Roxo é uma entidade que atua em diversas frentes de trabalho. No plano espiritual, ele trabalha na organização dos espíritos, ajudando-os a compreender o que se passa e os apoiando nos processos evolutivos. 
No nosso plano, quando baixa em nossos terreiros, é uma entidade que, por estar muito inserido na vibração do Orixá Omulú, atua muito em questões de saúde, tendo notório destaque em curas milagrosas a ele atribuídas.
Além de atuar na vibração do Orixá Omulu, ele atua também na vibração do Orixá Oxóssi. Entidade calma e sincera, sempre passa suas mensagens com serenidade, respeito e principalmente com muito amor.
Encarnado, foi um grande curandeiro e professor de sua aldeia, passando todo o seu saber para as gerações seguintes. Em outra encarnação ainda, foi médico. Sempre voltado as áreas de cura, vem aos Terreiros com a mesma finalidade. Porém, também é um guerreiro aguerrido, defendendo seus protegidos e cortando as demandas negativas. 
Também é uma Entidade antiga, a primeira manifestação do Caboclo Roxo em terra, conhecida e registrada, se deu na época da fundação de nossa Umbanda, dentro da Tenda Espírita Nossa Senhora da Piedade, através da Médium Maria Isabel de Moraes, esposa 
de Zélio Fernandino de Moraes.
Okê Caboclo.

Pois é, acho que é preciso alguma intimidade com a Umbanda para entender melhor estas palavras.

Mas a tenda está bem caidinha, em uma sequência de casinhas também bem velhinhas e acabadas. Foram pintadinhas recentemente, parece que para não ficar muito feio na frente do prédio tão novinho inaugurado bem em frente. Continua assim e em alguns anos a região poderá mudar totalmente. Nem sei se a Tenda está funcionando.

Talvez não seja assim tão interessante, mas estou esquentando!

Por Mário Barreto

Historiador, Diretor de Filmes, 3D/VFX. Guru em Computação, viciado em Motociclismo.

Uma resposta em “Caboclo Roxo”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

EnglishFrançaisItalianoPortuguêsEspañol