Categorias
OlhandoaCidade

Igreja de São Joaquim

Neste sábado fui convocado de surpresa por um grande amigo para ajudar em uma tarefa lá no Bairro do Cachambi. Vale um passeio cuidadoso por lá, muitas olhadas bacanas devem existir na área.

Entrada imponente da Paróquia de São Joaquim

No caminho de volta, passamos pela Igreja e Paróquia de São Joaquim. Incrível, incontáveis vezes passei por ali e nunca vi esta igreja em estilo neogótico que começou a ser plantada ali no Estácio desde 1904!

Fui dar uma pesquisada e é importante não confundi-la com a antiga Igreja de São Joaquim, esta de 1758 que ficava localizada na esquina com as atuais Avenida Passos e Rua Marechal Floriano.

Antiga Igreja de São Joaquim no Centro.

Esta que vimos é a “nova” Igreja de São Joaquim. Bonitona, grande, mas estava fechada por conta da pandemia. Uma pena. Paramos e com toda a calma do mundo tiramos estas fotos.

O desafio das fotos é não mostrar os fios! Bonita não?

Fica na Rua Joaquim Palhares, que certamente é parente do meu também grande amigo Guto Palhares. Veja aqui onde é.

Foi tudo bem e no final fui convidado para desbravar um boteco premiado no Estácio. Marcinho me disse que segue Instagram de botecos da cidade e fomos lá conhecer o tal do Costelas. A especialidade só poderia ser costela de boi e porco. Adorei as coxinhas de costela, fica a dica.

A dupla de desbravadores cariocas em ação.
Coisas lindas e deliciosas são as coxinhas de costela.

Obrigado Marcio, pelo passeio, pelas costelas.

Mário Barreto

Por Mário Barreto

Historiador, Diretor de Filmes, 3D/VFX. Guru em Computação, viciado em Motociclismo.

Uma resposta em “Igreja de São Joaquim”

Linda essa porta vermelha. Dá um toque especial à igreja.
Mas essa coxinha de costela deu agua na boca! Precisamos marcar um retorno lá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.