OlhandoaCidade

Galeria Menescal

Pois é, estava eu outro dia no computador lendo alguma coisa e apareceu um caboclo elogiando a comida de um árabe, segundo ele divino, na Galeria Menescal. Segundo ele, a galeria era um pedaço de Milão no Rio. Opa! Eu conheço a Galeria Vittorio Emanuele II e na hora já achei que a esfirra era boa porque vinha com drogas. A Galeria milanesa é um luxo só, uma coisa lindíssima.

Geralzão da Galeria Menescal

Nem pude duvidar direito, porque me toquei que eu NUNCA tinha entrado na Galeria Menescal em Copacabana. Eu nem sabia exatamente onde era, tive que ir olhar no mapa. As galerias famosas em Copacabana eram a Menescal e a Alaska.

Hoje resolvi ir lá dar um confere nesta esfirra e conhecer a Galeria. Ela foi construída em 1942 pelo tio do compositor Roberto Menescal, o engenheiro Humberto Menescal. Ele caprichou nos acabamentos e decoração dos três blocos, 36 lojas e 84 apartamentos. Um luxo. A curiosidade é que o prédio tinha um bunker no subsolo, para proteger os moradores de um ataque aéreo alemão. Como não fomos nunca bombardeados, hoje faz parte do estacionamento.

Entrei por trás, pela Barata Ribeiro e a entrada é bem discreta e caidinha. Entrando fica mais legal, com o grande pé direito e com os detalhes da decoração. Temos lojas variadas dos dois lados e as entradas para os apartamentos e escritórios. É bem interessante ficar olhando os detalhes.

Logicamente fui direto no árabe dar o confere na comida, que eu adoro. O restaurante chama-se Baalbek. Comi uma esfirra de queijo minas com salsinha. Excelente! Sequinha, grande, saborosa. Terei que voltar lá mais vezes e provar o Kibe e os outros sabores. Nem estava tão cheio como me alertaram. Tinham turistas que foram especialmente provar as iguarias árabes da casa.

Do outro lado, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, a entrada é igual, discreta e caída. Se não olhar com atenção, nem se vê.

Curti, era uma falha minha não conhecer a Galeria Menescal. É bacana, tem história mas está longe de uma Galeria de Milão, por favor. Não sou especialista em Copacabana e nem zanzei muito pelo bairro quando mais novo. Deve ter muita coisa para olhar em Copacabana e que eu nunca vi…

Historiador, Diretor de Filmes, 3D/VFX. Guru em Computação, viciado em Motociclismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

EnglishFrançaisItalianoPortuguêsEspañol