OlhandoaCidade

Santuário de São Vicente de Paulo

Hoje acordei cedo e vim na minha UBS, a Policlínica Helio Pellegrino para fazer exames e ir ao dentista. Ela está um brinco, recentemente reformada, muito bem equipada, arrumada e contando com uma equipe atenciosa e competente. Até agora, uma perfeição, que Deus a conserve assim e que meu atendimento siga neste nível.

Foi tudo muito bom e rápido no laboratório, de maneira que fiquei com um longo intervalo até o horário do dentista, 10:30h. Saí para zanzar pela região e olhar a cidade. É um canto da cidade diferente, não é passagem para lugar algum, o tempo aqui roda em outra velocidade. Estamos falando da região que mistura Praça da Bandeira, Tijuca, Rio Comprido, um cantinho da cidade. A Policlínica é na Rua do Matoso. Comecei percorrendo a Rua Pereira de Almeida, que escolhi só de olhar… casas diferentes, um astral completamente esquisito e esquecido. Só vendo. Esta pequena rua acaba (ou começa) na Rua Santa Amélia, que para os publicitários raiz tem uma importância, foi ali que nasceu a Giovanni, que depois tornou-se Giovanni FCB e uma das maiores agências de publicidade do país. Cheguei a ir lá atender ao Leonardo Servolo.

Como ainda estava cedo, aproveitei para explorar o Santuário de São Vicente de Paulo. Sempre passo por ali, vejo suas palmeiras imperiais, e sempre sinto vontade de entrar. Estive ali somente uma vez na vida, na festa de 15 anos da minha amiga Claudia Fernandes, da qual não lembro absolutamente nada. É como não tivesse ido nunca.

É lindo. Tem um morrinho, com uma linda jardinagem e imediatamente após entrar, o clima, a paisagem, já é outra. Lá dentro tem também o Hospital São Vicente de Paulo.

São Vicente de Paulo viveu no final dos anos de 1500 nos anos de 1600, foi ordenado padre neste ano, e tem uma história muito interessante, que inclui até ter sido escravo em Túnis.

“Inspirado por seu amor a Deus e aos pobres, Vicente de Paulo foi o criador de muitas obras de amor e caridade. Sua vida é uma história de doação aos irmãos pobres e de amor a Deus. Existem diversas biografias suas, mas sabemos que nenhuma delas conseguirá descrever com total fidelidade o amor que tinha por seus irmãos necessitados. Muitos acham que a maior virtude de São Vicente é a caridade, mas sua humildade suplantava essa virtude. Sempre buscava o bem da Igreja. São Vicente de Paulo foi um pai dos Pobres e um reformador do clero”. Leiam mais sobre este personagem incrível clicando aqui

A igreja é linda por dentro e por fora. Uma sensação adorável de calma e serenidade. Nem parece que você está ali na Tijuca. Poucos passos e uma subidinha fazem toda a diferença. Tudo muito bem cuidado, limpo, bonito. Arrependo-me de não ter levado mamãe lá para conhecer, ela teria adorado.

Recomendo a visita. Vejam abaixou uma galeria com as fotos que fiz do Santuário.

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo® - www.motozoo.com.br -, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

2 Comentários

  • Rosa Amaral

    Que interessante e linda!
    Somos cariocas e quase não conhecemos nossa cidade com suas características e belezas ímpares!
    Minha mãe gostava de levar meu irmão e eu para conhecermos lugares pitorescos e escondidos mas nunca nos levou a este recanto.
    Parabéns, e obrigada primo por nos brindar com essas descobertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.