OlhandoaCidade

Parque do Martelo!

Hoje, até agora, tive duas experiências bacanas. Primeiro, fui falar de trabalho e tomar café com a querida Aline Miranda no hotel Arp, ali na beira da praia no Arpoador. Naquele pedacinho que a praia não tem rua grande passando carros, apenas uma ruazinha de serviço e os prédios, e hotéis, dão quase que direto na praia. Uma coisa adorável, a orla inteirinha do Rio de Janeiro tinha que ser assim, este negócio de pista de alta velocidade e volume de tráfego na beira mar é de uma estupidez sem tamanho. Visual bacana, mas o café e atendimento não são nada demais, novamente o Rio de Janeiro desperdiçando suas potencialidades.

Depois de muito conversar sobre trabalho, dei uma carona para a donzela e como estava de Vespa, pude ir olhando o seu recanto com muito mais cuidado. Um recanto no Humaitá muito lindo, cheio de casinhas bacanas.

Pois é, voltando depois de despachar a amiga, dei de cara com este parque aí, o Parque do Martelo, que eu nunca tinha ouvido falar!!!!

Com 16 mil metros quadrados, o parque é cedido em regime de comodato por 30 anos (a partir de 2000) para a Associação de Moradores do local, que mobilizou-se para impedir a construção de um empreendimento imobiliário no local. Mantido, organizado e gerido pela Associação de moradores, a entrada do parque é bem simpática e muito arborizada.

Não subi até lá em cima, mas ele tem uma vista, área para picnic e brinquedos infantis que foram doados por uma moradora. E tem mais, tem uma horta educativa e em parceria com Jardim Botânico e com o Projeto PoleN, da Unirio (minha Alma Mater), há o plantio de mudas originais de Mata Atlântica. Existe também um grupo de pesquisadores levantando a história do local, suas ruínas e mapeando as trilhas.

É muita coisa para um parque quase desconhecido!

Clique aqui e veja aqui onde fica.

É o Rio de Janeiro sendo Rio de Janeiro. Praias, florestinhas nas franjas das montanhas, recantos aprazíveis, favelas… tudo junto e misturado. Uma loucura, que faz a cidade ser como nenhuma outra no mundo!

Publicitário, Designer, Historiador, Jornalista e Pioneiro na Computação Gráfica. Começou em publicidade na Artplan Publicidade, no estúdio, com apenas 15 anos. Aos 18 foi para a Propeg, já como Chefe de Estúdio e depois, ainda no estúdio, para a Agência da Casa, atual CGCOM, House da TV Globo. Aos 20 anos passou a Direção de Arte do Merchandising da TV Globo onde ficou por 3 anos. Mudando de atuação mais uma vez, do Merchandising passou a Computação Gráfica, como Animador da Globo Computação Gráfica, depois Globograph. Fundou então a Intervalo Produções, que cresceu até tornar-se uma das maiores produtoras de Computação Gráfica do país. Foi criador, sócio e Diretor de Tecnologia da D+,depois D+W, agência de publicidade que marcou uma época no mercado carioca e também sócio de um dos primeiros provedores de internet da cidade, a Easynet. Durante sua carreira recebeu vários prêmios nacionais, regionais e também foi finalista no prestigiado London Festival. Todos com filmes de animação e efeitos especiais. Como convidado, proferiu palestas em diversas universidades cariocas e também no 21º Festival da ABP, em 1999. Em 2000 fundou a Imagina Produções (www.imagina.com.br), onde é Diretor de Animações, Filmes e Efeitos até hoje. Foi Campeão Carioca de Judô aos 15 anos, Piloto de Motocross e Superbike, mantém até hoje a paixão pelo motociclismo, seja ele off-road, motovelocidade e "até" Harley-Davidson, onde é membro fundador do Museu HD em Milwaukee. É Presidente do ForzaRio Desmo Owners Club (www.forzario.com.br) e criou o site Motozoo® - www.motozoo.com.br -, onde escreve sobre motociclismo. Como historiador, escreve em https://olhandoacidade.imagina.com.br. Maiores informações em: https://bio.site/mariobarreto

Um comentário

  • Maria Inês Barreto da Costa

    Parque do Martelo ???? Nunca ouvi falar! É numa daquelas ladeiras do Humaitá? Que legal! Adorei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.